8 de mai de 2015

Legionella o caso em Portugal - Indenizações podem passar de 8 milhões de Euros

Legionella deixou fortes marcas na saúde dos afetados


Todas as pessoas que sofreram de legionella têm sintomas comuns, mas há quem tenha marcas mais fortes.

Rosa Ribeiro é um desses casos. Adoeceu a 4 de novembro e esteve vários dias internada. Apesar de ter recuperado da legionella, esta mulher ficou com uma doença rara na sequência do tratamento.

A voz foi afetada, tal como os membros. Até descascar uma maçã é uma tarefa muito difícil para Rosa, que lembra ainda os prejuízos financeiros que tem tido com os remédios, tratamentos, fisioterapia e terapia da fala.

Após ter apresentado uma queixa-crime, Rosa espera ser indemnizada e que sejam encontrados os responsáveis pelo surto ocorrido há seis meses na zona de Vila Franca de Xira.

Surto Legionella: Indemnizações podem passar os oito milhões

Seis meses depois do surto de Legionella que matou 12 pessoas, a Justiça ainda não conseguiu apurar as causas ou culpados para este foco de doença. Porém, na Procuradoria-Geral da República já deram entrada 161 queixas-crime.
Segundo dá conta o Expresso, as indemnizações relacionadas com o surto de Legionella poderão ultrapassar o valor de oito milhões de euros.

Legionella obriga a encerramento de duas piscinas municipais (LEGIONELLA RISCO CONSTANTE)

Autarquia confirmou ontem a existência da bactéria legionella nas suas piscinas municipais. Estas serão agora sujeitas a uma desinfeção.
As piscinas municipais de Escariz e Arouca foram encerradas devido à presença da bactéria legionella spp na água e nos filtros dos tanques.
Os complexos desportivos já estão encerrados desde do dia 26 de abril, altura em que tinha sido lançado um alerta, após análises de rotina.
Porém, só ontem, o presidente da Câmara Municipal confirmou o porquê do encerramento.
“Fui informado que era a legionella spp. Mas esta estirpe não é a de perigosidade máxima e não se trata da mesma que esteve presente nos casos de Vila Franca de Xira”, afirmou Artur Neves.
As piscinas vão ser agora sujeitas a uma limpeza profunda e após essa desinfeção será efetuada nova contra-análise para averiguar se há condições para voltar a abrir as portas ao público, conta o Jornal de Notícias.
http://www.noticiasaominuto.com/pais/386527/legionella-obriga-a-encerramento-de-duas-piscinas-municipais

6 de mai de 2015

ABES-SP realiza seminário sobre segurança da água para consumo humano = SETRI

A Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental- Seção São Paulo promoverá, por meio de suas Câmaras Técnicas de Saúde Pública e de Saneamento e Saúde em Comunidades Isoladas, o Seminário: Segurança da Água para Consumo Humano - Como Moldar o Futuro da Água para as Partes Interessadas?
O objetivo é debater pesquisas, estudos e as diversas realidades sobre a segurança da água em formato de painéis com palestras realizadas por especialistas da área.
O evento, que acontecerá no dia 07 de maio, no Auditório João Yunes da Faculdade de Saúde Pública da USP, conta com o patrocínio da ABES-SP, da Faculdade de Saúde Pública da USP e o seu Centro de Apoio (CEAP), do Centro de Referência em Segurança da Água Brasil-Portugal (CERSA), e da SETRI Consultoria em Sustentabilidade.
A ocasião também marcará o lançamento oficial do CERSA em São Paulo. O centro foi já lançamento em Portugal, em janeiro, e em Brasília, durante o Congresso Internacional de Segurança de Água, realizado em março.

Confira abaixo a programação do seminário:
Programação - Cópia 2

4 de mai de 2015

PALESTRA SOBRE LEGIONELLA EM CUBA

A SETRI realizou na semana de 27 a 29 de Abril de 2015 palestra sobre o tema Legionella em Cuba.

A SETRI vem realizando vários Cursos, Palestras e Seminários sobre o tema Legionella, tendo como base o livro publicado pela SETRI: LEGIONELLA NA VISÃO DE ESPECIALISTAS.

Para maiores informações setri@setri.com.br